sexta-feira, 19 de março de 2010

Medo, delíro, tubarões e sexta-feira

Comprei pra dar de presente, mas antes de fazer a dedicatória e embrulhar, já dei uma olhada nos textos e vou aproveitar o fim-de-semana pra ler algumas histórias. O presenteado vai esperar um poquinho.
Pra quem não sabe, Hunter Thompson foi o jornalista precursor do chamado Jornalismo Gonzo. A grosso modo, são as reportagens em que os jornalistas fazem parte da história, vão até o local, vivenciam a situação como protagonistas e não como simples observadores.

O cara era muito louco, mas certamente inaugurou um estilo muito importante de se fazer jornalismo.

Aí, aproveitei que Medo e delírio estava lá em casa dando sopa e fui assistir. Fiquei drogada por tabela, o filme é muito doido. E é baseado na vida e nas histórias vividas e escritas pelo Thompson. Eu indico filme e livro. E um pouco de Piauí depois, porque ninguém é de ferro e hoje é sexta-feira, dia de relaxar.

Um comentário:

Marina disse...

Eu ja li esse livro, aliás, fiz minha resenha na aula de jornalismo literario sobre ele (como eu amo o Savianni q me poupou escrever sobre A Sangue Frio - detestei o livro!). Mas é sensacional, ainda mais assistir o filme e saber q o cara vivia em outra dimensão, definitivamente... Pena q ele não aguentou mais seus pensamentos sordidos e se suicidou...
saudades de vc! mas com tanta vergonha q eu nem conto!!! bjos