domingo, 26 de abril de 2009

O ócio e suas vantagens

Assisti Frida, seguido por Na natureza selvagem.
Isso depois da minha peregrinação pelos cinemas: Valsa com Balshir, Fiel, Che, Linha de Passe, Palavra cantada...
Estou lendo A sangue frio, do Capote - ganhou um picolé quem advinhou - enquanto eu espero o livro que eu encomendei na Cultura chegar: Complexo de Clark Kent. Não vejo a hora.
Seguindo a linha do "não posso gastar dinheiro", to aproveitando pra ler também A insustentável leveza do ser, já que o Zé comprou e tá aqui dando sopa...

É isso aí. Esse é o meu ócio criativo. Meu vácuo abastecido. Meu vazio pleno.
Pelo menos to me alimentando.

Mas já chega de tanto tempo livre.

Nenhum comentário: