sábado, 14 de fevereiro de 2009

Mais melodia


Aporveitando o embalo de poemas, não consegui ficar muito tempo com esse livro na mão sem o ler.
Ganhei ontem também e já li inteiro. Estranho seria se fosse diferente...
"O ex-estranho" de Paulo Leminski traz as ideias melódicas do poeta paranaense de uma forma que as palavras e linhas fluem com leveza enquanto são lidas.
Já o conhecia, mas estou gostando mais dele nesse momento. E amei o livro!
Dá vontade de sair por aí formando frases e versos com cada coisa que vemos.
O legal do Leminski é justamente esse jogo que ele faz. Ele brinca com as palavras, troca os versos, põe no avesso e depois volta ao normal.
Sempre me surpreende.

"Têm vezes que tenho vontade de que nada mude
vou ver
mudar é tudo que pude"

Um comentário:

Zé disse...

Você é quem surpreende!
E deixa sua amiga muito feliz...